Missão
Promover sonhos, transformar vidas por meio de soluções profissionalização, visando o desenvolvimento humano, cultural, social e ambiental.

Visão
Ser referência em inovação, gestão de projetos sociais e otimização do uso de recursos no Terceiro Setor.

Valores
1. Ética
Justiça e respeito em todas as ações e relacionamentos
2. Altruísmo
O outro como centro das ações da organização
3. Inovação
Buscar sempre novas propostas de desenvolvimento e crescimento humano
4. Comprometimento
Contribuir para o bom desempenho de todos os processos
5. Determinação
Não desistir nunca, seja qual for a dificuldade
6. Transparência
Tornar pública as realizações da organização
7. Flexibilidade
Estar aberto a novas atuações e parcerias sempre


GESTÃO E ADMINISTRAÇÃO

 

O Instituto Ramacrisna vem, desde 1994, desenvolvendo parcerias a fim de aprimorar seu processo de gestão, pois acredita que assim aperfeiçoa a utilização dos recursos disponíveis, o que repercute no atendimento de seus beneficiários, atingindo níveis de excelência. A participação de voluntários e do SEBRAE foi de fundamental importância nessa busca inicial de conhecimento e transformação.

Em 2005, a RM Sistemas, atual TOTVS, doou à Ramacrisna um sistema ERP de gestão que integra todo o processo administrativo, proporcionando mais organização à instituição e disponibilizando, em tempo real, as informações necessárias às tomadas de decisões rápidas e objetivas, permitindo ao Conselho Deliberativo, Fiscal, parceiros e colaboradores acompanharem o desempenho da instituição com total transparência.

Em 2008, o Ramacrisna uniu-se à Fundação Dom Cabral, uma das dez melhores escolas de negócios do mundo e 1ª na América Latina pelo Ranking da Financial Time, visando potencializar as estratégias de gestão da instituição. A POS – Parceria com Organizações Sociais baseia-se na construção conjunta de conhecimento por meio da troca de experiências entre organizações, sempre com a monitoria in loco de professores da FDC.

O aprimoramento do sistema contábil tem sido uma constante na trajetória da organização.

Em 2017, iniciamos o processo de implantação do Compliance, visando garantir relações éticas e transparentes entre todos os relacionamentos com o poder público, clientes, fornecedores, empregados e a sociedade de modo geral. O Compliance não deve ser visto como uma atividade isolada, mas deve estar alinhado aos objetivos estratégicos da organização, integrado aos valores, visão e missão.

 


ESTRUTURA DE GESTÃO

 

                              Diretoria Conselho Deliberativo
Presidente: Expedito Martins Chumbinho Edineia do Carmo Alves Maria Luiza de Aguiar Garcia
Vice-Presidente: Solange Bottaro Elisabeth Marques Duarte Pereira Nelson Fonseca Leite
Diretor Financeiro: João Bosco de Oliveira Brant Expedito Martins Chumbinho Paulo Emilio Martins Guimarães
Diretor De Assistência Social: Flávio Alves Gomes Flávio Alves Gomes Renato Dolabella Melo
Diretor Administrativo: Yukari Hamada Geraldo Costa de Faria Ricardo Rodrigues Rezende
                         Conselho Fiscal João Bosco de Oliveira Brant Ricardo Sales Costa
Sandra Helena Lopes Nogueira José Augusto Fonseca Roberto Dayrell Fróes
Edineia do Carmo Alves José de Oliveira Barbosa Sandra Helena Lopes Nogueira
Ricardo Rodrigues Rezende José Tolentino Leite Neto Solange Bottaro
                               Suplentes Márcio Araujo Rabelo Tomaz De Aquino Resende
Vanderlei Soela Márcio Andre de Brito Flávio Alves Gomes
José Augusto Fonseca Marcus Vinícius do Nascimento Yukari Hamada
Paulo Emilio Martins Guimarães Maria De Fátima Rolim de Oliveira

 


REGISTROS E CERTIDÕES DE FUNCIONAMENTO

 

  • Cópia de Registro, do Cartório de Registro Civil, certificando que no livro A de Registro Civil das Pessoas Jurídicas, sob o número 54.247, consta que em 07 de julho de 1993 lavrou-se, de inteiro teor, a alteração de Estatuto da Missão Ramacrisna.
  • Utilidade Pública Federal: Decreto número 59.602, expedido em 28.11.66.
  • Utilidade Pública Estadual: Lei número 2.215, expedida em 24.08.60.
  • Utilidade Pública Municipal de Betim: Lei número 1462, expedida em 22.09.81.
  • Utilidade Pública Municipal de Belo Horizonte: Lei número 1.288, expedida em 01.12.66.
  • Qualificação como OSCIP – Organização da Sociedade Civil de Interesse Público pela
  • Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão do Estado de Minas Gerais.
  • Atestado de Cadastramento de Entidade de Assistência Social – 382 em 11/06/1959.
  • Conselho Nacional de Assistência Social: Certificado número 60.188/62.
  • Conselho dos Direitos da Criança e Adolescente de Betim: 01 de 2.121.92
  • Conselho Municipal de Assistência Social de Betim: 001

GOVERNANÇA CORPORATIVA

 

                   


BALANÇO